Voltar > Frota própria ou locação de veículos? Veja o que é melhor para o seu negócio!

Se existe uma dúvida que paira sobre grande parte dos empreendedores dos segmentos de logística e transportes é o que compensa mais: manter uma frota própria ou terceirizada? Este questionamento é muito pertinente, já que existem diversas vantagens e desvantagens a serem consideradas em cada modelo de negócio.

Por isso, no artigo de hoje mostraremos os principais aspectos sobre a gestão de frota própria e a de locação de veículos, visando a tornar sua decisão mais simples e efetiva. Continue a leitura do conteúdo para conferir!

O que é frota própria?

Frota própria é o modelo de negócio para empresas do setor de transportes que consiste na detenção, por parte da empresa, do poder de seus próprios caminhões e veículos no pátio do empreendimento, mantendo-os disponíveis sempre que precisar realizar entregas ou buscar mercadorias.

De forma simplificada, ao dispor de uma frota própria, você assume:

  • a contratação de motoristas selecionados pela empresa;

  • a responsabilidade por seus próprios veículos;

  • autonomia na tomada de decisões administrativas.

Quais são as principais vantagens da frota própria?

Dentre os grandes benefícios de se utilizar uma frota própria na empresa, podemos citar a centralização do controle e a independência no processo de decisões, como as principais. Afinal, esses são pontos realmente positivos, não é verdade?

Isso, basicamente, quer dizer que todos os assuntos, desde os operacionais, como o planejamento estratégico e as manutenções, até os de âmbito administrativo e financeiro, ficam sob responsabilidade do gestor da empresa.

Dessa forma, é muito mais fácil planejar e projetar resultados, já que a empresa pode oferecer serviços de alta qualidade sempre dentro de prazos pontuais, garantindo a satisfação do consumidor e uma posição de prestígio em seu mercado.

Lembrando, ainda, que a empresa que possui frota própria também pode reagir de maneira mais rápida em casos de emergências, além de manter mais contato com o cliente durante todas as etapas da transação de transporte.

Quais são as desvantagens da gestão de frota própria?

Para ajudá-lo a tomar a melhor decisão, não poderíamos deixar de citar as desvantagens da frota própria, concorda? Afinal, nesse modelo de empreendimento do segmento de transportes, existem fatores que realmente podem impactar os negócios, como:

  • encarecimento dos investimentos;

  • alta demanda para ser administrada;

  • todos os processos e controles sob responsabilidade de uma única empresa;

  • custos com treinamento dos profissionais;

  • gastos com seguros e impostos dos caminhões;

  • controle de licenças;

  • mais trabalho para acompanhar e supervisionar os motoristas e a manutenção dos veículos.

Os empresários que pensam em investir em uma frota própria devem considerar, ainda, que, além dos altos custos iniciais e dos gastos que citamos, também existem os salários dos motoristas e toda a gestão de equipe que precisa ser realizada com eficiência, para garantir bons resultados e manter a competitividade na empresa.

O que é frota terceirizada?

A frota terceirizada integra um modelo de negócio em que realiza a locação de veículos e terceirização de motoristas. Esse é um modelo versátil e muito tradicional no segmento dos transportes por conta de suas vantagens e simplicidade nos processos. Sendo assim, é importante ressaltar aqui que a terceirização não é sinônimo de perda de qualidade nos serviços.

Naturalmente, essa modalidade também pode trazer benefícios e desvantagens para uma empresa. Conheça mais sobre esses dois pontos nos próximos tópicos.

Quais são as principais vantagens da frota terceirizada?

Sem dúvidas, uma das maiores vantagens da locação de veículos e profissionais terceirizados é o fato de que é possível prever os custos de maneira eficaz, pois eles são definidos no ato da assinatura do contrato entre ambas as partes.

Dessa forma, o gestor dificilmente será afetado por alguma surpresa no orçamento, ou qualquer problema que possa resultar em dor de cabeça, como a variação de um veículo em um acidente, por exemplo.

Assim, torna-se mais fácil gerenciar o orçamento e o andamento dos negócios, já que o caminhão pode ser rapidamente substituído sem demandar mais gastos.

Além disso, o empresário também não tem que se preocupar com assuntos, como:

  • aquisições de veículos;

  • manutenções;

  • depreciação de automóveis;

  • treinamento de funcionários.

Para se ter uma ideia, existem empresas que trabalham com a locação de veículos, terceirizando os seus serviços de modo organizado, para que as transportadoras tenham um meio ágil e econômico para contratar motoristas e veículos.

Quais são as desvantagens da frota terceirizada?

Para que você possa tomar a melhor decisão na hora de escolher entre frota própria ou terceirizada, não poderíamos deixar de listar as desvantagens desse formato.

Nesse contexto, é correto afirmar que a locação de veículos reduz exponencialmente o poder de tomar decisões do empreendedor, tornando a sua gestão descentralizada e aumentando a burocracia nos processos. Entretanto, são menos responsabilidades para gerenciar, e o trabalho é realizado por uma companhia especializada no setor.

Outra grande desvantagem desse modelo de negócios é o fato de que, caso um motorista atrase a sua entrega por conta de algum problema em seu veículo pessoal, isso pode custar um cliente para a sua empresa.

Por isso, mesmo que você trabalhe com o sistema de locação de veículos, é imprescindível acompanhar e exigir as manutenções em toda a cadeia logística de transporte.

Frota própria ou terceirizada: qual escolher?

O primeiro passo é decidir qual é o objetivo da sua organização: manter uma estrutura enxuta, baixos custos e um volume menor de controles, planejamentos e análises? Se sim, a frota terceirizada, ou locação de veículos, é a melhor opção, já que todas essas responsabilidades ficam a cargo da empresa terceirizada.

Dessa forma, você pode focar toda a sua gestão no core bussiness, concentrando suas estratégias em atividades que, de fato, geram capital para o seu empreendimento do setor de transportes, além de fazer com que a sua empresa aumente as vantagens competitivas e alavanque a sua posição na frente da concorrência.

Entretanto, se você percebe que há uma necessidade em manter um controle mais eficiente, mais autonomia e processos de tomada de decisões mais simplificados, considere manter uma frota própria.

Afinal, decisões, como a compra de novos veículos, a gestão de custos e o planejamento de manutenções tornam-se de total responsabilidade do gestor. Por isso, é correto afirmar que ter uma frota própria ou terceirizada, dependerá muito de qual estratégia empresarial e quais objetivos o empreendimento almeja a curto, médio e longo prazo.

Agora que você já conhece os principais benefícios da frota própria e da terceirização de veículos, compartilhe este conteúdo com os seus amigos e familiares nas redes sociais!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.