Voltar > Como a solução de pagamento correta pode ajudar a reduzir custos com viagens corporativas


Pode parecer óbvio, mas a escolha da solução correta de pagamento para hotéis e de bilhetes aéreos poderá reduzir os custos em relação ao tradicional modelo de faturamento adotado pelas empresas.
Optar pelo uso de cartões virtuais para o pagamento de hospedagem e bilhetes aéreos tem crescido em empresas de grande, médio e pequeno porte. Isso acontece não apenas pelos prazos, mas também pela busca de facilidade e controle dos pagamentos das despesas de viagens corporativas.
Mas, como escolher a solução de pagamentos que mais benefícios pode gerar para sua empresa?
Listamos cinco dicas para ajudar nesta escolha. Acompanhe.

1-Fale com seu banco.

Os grandes bancos possuem equipes especializadas para oferecer cartões corporativos e cartões virtuais que poderão atender o seu modelo de gestão de pagamentos.

2-Veja a melhor data para o pagamento da fatura do cartão escolhido.

Escolha um cartão cujo o dia de pagamento da fatura melhore seu fluxo de pagamentos. Alguns cartões oferecem mais de 40 dias para o pagamento, assim como mais de seis datas de vencimento para sua escolha. Vale a pena colocar na ponta do lápis todos os custos com o faturamento e o ganho de prazo e controle que sua empresa terá com o cartão.

3 – Compare os custos

Você sabe o quanto paga com tarifas e anuidades de cartões atualmente? Saiba que na contratação do cartão como meio de pagamento, o custo tende a ser menor. Isso porque existem bancos que não cobram mensalidades para esta modalidade de cartão. Fale com seu gerente e aproveite essas oportunidades.

4 – Busque junto ao financeiro da sua empresas o apoio para a adoção do cartão como meio de pagamento.

Ao concentrar as compras de hospedagem e bilhetes aéreos, nos cartões virtuais e corporativos sua empresa passa a ter total controle do que está sendo gasto com viagens corporativas. Isso gera uma economia de energia e tempo no trabalho de conferência das faturas, além de garantir alguns benefícios como o seguro oferecido pelo banco emissor.

5 – Contrate uma empresa que faça a conciliação dos pagamentos com os cartões virtuais.
Muita informação? Não se preocupe, existem empresas que “cruzam” os dados de pagamento de funcionários, hotéis e transporte com as informações que vem do banco emissor do cartão. Avalie o modelo de tratamento das informações e o nível de qualidade na geração de dados para a empresa”

Estas empresas especializadas nesta prestação de serviço
buscam as notas fiscais nos hotéis e detalham os dados em relatórios que oferecem total visão do que foi pago, assim como preparam e enviam as notas para a empresa para uso do departamento fiscal. Tudo isso com um custo menor que um recurso para conferir as faturas todo mês. O Grupo TX, por exemplo, pode oferecer os dados conciliados e tratamento dos documentos (Notas Fiscais) de acordo com a dinâmica do seu setor financeiro.

6 – Dica extra: não esqueça de sua agência de viagens!

Por fim, mas não menos importante: contate sua agência de viagens corporativa e verifique a adoção do cartão como meio de pagamento. Muitas agências já operam com cartões virtuais para pagamento de hotéis e companhias aéreas com sistemas e funcionalidades que poderão oferecer a gestão online ou o acompanhamento dos pagamentos com viagens corporativas.

Por:Elias Meo
Gerente comercial – Grupo TX

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.