Voltar > 8 dicas para motivar uma equipe sobrecarregada

No ambiente de trabalho, os profissionais necessitam de uma energia que desperte o interesse deles em participar de desafios e, ao mesmo tempo, induza a realização de ações. Quando ela não existe, causa desinteresse e torna os colaboradores meros cumpridores de tarefas. Surge aí o desafio de motivar equipes.

Em uma situação de quadros enxutos, impostos altos, concorrência e barganha por preço baixo, crise econômica e política, competitividade e redução de custos, as equipes sentem insegurança e pressão para produzir mais. Muitas ficam sobrecarregadas e têm dificuldade em manter o ritmo e administrar as cobranças dos gestores e clientes.

Se esse é o cenário encontrado em sua empresa, nós precisamos conversar!

Acompanhe, a seguir, 8 dicas para motivar uma equipe sobrecarregada.

1. Compreenda o que motiva os colaboradores

Frederick Herzberg, autor da Teoria dos Dois Fatores, que fala sobre o que motiva e satisfaz as pessoas no ambiente de trabalho, mostrando, a partir de seus estudos, que existem dois pontos a serem considerados na satisfação de um trabalhador: os higiênicos e os motivacionais.

Os fatores higiênicos falam sobre a insatisfação do colaborador em função do ambiente na companhia, da supervisão, dos colegas e do contexto geral de sua posição. Já, os fatores motivacionais colaboram com a satisfação do profissional, por meio de atividades desafiadoras e estimulantes.

Em muitos casos, os funcionários são motivados por fatores que as empresas oferecem de forma gratuita: reconhecimento, oportunidades de avanço e crescimento, feedbacks construtivos, responsabilidades, etc.

2. Seja um exemplo de motivação

Quando os colaboradores veem a gestão da companhia trabalhar arduamente, eles se tornam menos propensos a resistir ao cumprimento de horas extras ou ao ritmo mais intenso de trabalho.

Sendo assim, jamais peça à sua equipe que se esforce mais ou permaneça por mais tempo na empresa para realizar tarefas adicionais se você não pretende fazer o mesmo.

Deixe, também, que eles façam autogestão. Distribua as responsabilidades e explique como o trabalho precisa ser entregue. Cada colaborador é responsável pela própria demanda e você serve de suporte, fazendo um acompanhamento esporádico. Esse é um sinal que transmite confiança e fornece independência.

3. Reconheça o esforço de sua equipe

Deixe que os seus funcionários saibam quando você aprecia o trabalho árduo deles. O reconhecimento vindo do líder é algo extremamente motivador. Diga a sua equipe que você está ciente de cada esforço que é feito.

Demonstre o desejo de fazer com que a empresa cresça mais e consiga contratar novas pessoas. Converse abertamente com sua equipe e explique que, sem essa sobrecarga, não será possível atingir um patamar mais alto de crescimento.

4. Dê as condições necessárias para o trabalho evoluir

Para motivar uma equipe sobrecarregada, será necessário que você forneça as condições adequadas para que todos consigam trabalhar mais e melhor. O objetivo é criar uma atmosfera de trabalho que seja motivadora.

Uma das formas de se fazer isso é permitindo o home office. Em grandes cidades, como São Paulo, os trabalhadores perdem muito tempo somente com deslocamentos. Eles enfrentam ônibus e trens lotados, chegando cansados ao trabalho.

Se, uma vez por semana, a sua equipe puder trabalhar de casa, todos conseguirão dedicar um tempo maior às atividades.

Outra condição que pode ser oferecida é o horário flexível. Se não há uma razão específica para que eles entrem pontualmente em um determinado período, libere a autogestão do tempo. Em troca, eles deverão cumprir com a quantidade de horas previstas em contrato.

5. Estabeleça metas de desempenho

Deixe claro o exato ponto que a organização espera que seja alcançado pela equipe com o seu trabalho. Essa informação serve de norte para os colaboradores. Não há nada mais frustrante do que se empenhar por algo que não se tem conhecimento.

Acompanhe a realização do trabalho deles para que as metas sejam alcançadas. Dê o suporte necessário e, com um olhar mais analítico, aponte os erros e sugira as soluções correspondentes para que o foco e a produtividade sejam mantidos. Jamais espere o trabalho ficar pronto para avaliá-lo.

6. Forneça métricas de acompanhamento

Essa dica complementa bastante a anterior. Assim como a sua equipe precisa de um direcionamento, ela também necessitará de métricas para acompanhar a evolução.

Ver a evolução da equipe em um painel que é atualizado constantemente permite que os seus membros consigam praticar a automotivação. Esses dados facilitam a organização da rotina de todos e possibilita enxergar em que ponto será preciso acelerar mais o ritmo para não perder a meta.

7. Esteja disponível para a sua equipe

Você é o líder, a figura que inspira e motiva a todos de sua equipe. Eles precisam contar com o seu apoio para as mais diversas situações. Seja compreensível e, ao mesmo tempo, aberto para conversar.

Quando o líder adota uma postura de isolamento, o restante da equipe sente receio de buscar nele a ajuda necessária para resolver os problemas, e podem tomar as decisões erradas.

Sempre que possível, agende uma reunião com todos. Coloque em questão os temas que fazem parte da rotina deles. Deixe que eles falem, se expressem e compartilhem o que estão sentindo.

Peça para que eles dividam com você todas as expectativas e necessidades, para, juntos, conseguirem alcançá-las. Com ações como essas, por mais que a demanda seja extremamente alta, eles se sentirão seguros para continuar na companhia.

8. Comemore as conquistas com eles

Quando algo der certo, por mais que seja algo pequeno, faça questão de demonstrar sua satisfação para a equipe. Mostre que você aprecia o esforço de cada colaborador.

Você não precisa dar bonificações financeiras, por exemplo. Em muitos casos, um elogio público é mais eficaz do que a recompensa em dinheiro.

Instalar uma sala de descanso para os funcionários, uma máquina de café ou disponibilizar guloseimas também são atitudes que podem ser tomadas para comemorar as conquistas. Vale até levar a equipe para almoçar!

Dependendo do projeto que esteja em vigor, você pode pensar em uma estratégia diferenciada, como um fim de semana prolongado ou um dia de folga. Use a criatividade!

As dicas aqui apresentadas para motivar uma equipe sobrecarregada são muito úteis, principalmente quando o trabalho exige dos colaboradores uma dedicação acima da média.

Aproveite para compartilhá-las em suas redes sociais e permita que esse conhecimento alcance outros profissionais que se encontram na mesma situação que você.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.